domingo, 22 de maio de 2011

Sugestões de Leitura II

Elogio da Loucura, Erasmo de Roterdã

"(...) Bem mais desejável é a vida das moscas e dos pássaros, entregues ao acaso e ao instinto da natureza, enquanto o permitirem as armadilhas dos homens. Encerrados em gaiolas e treinados a imitar a voz dos homens, os pássaros estranhamente perdem sua beleza nativa. Tanto isso é verdade que as obras da natureza ultrapassam em muito as desfigurações da arte. Por isso, nunca terei louvado o suficiente a Pitágoras que assumiu a forma de galo em suas metamorfoses. Tendo passado por todos os estados: filósofo, homem, mulher, rei, confidente, peixe, cavalo, rã e creio que até esponja, chegava à conclusão que o homem era o mais funesto de todos os animais, pois todos os outros se contentam em viver nos limites da natureza, enquanto somente o homem se esforça por ultrapassá-los."

Loucura, ela que fala por si própria. Ela, somente ela, o porquê de todos os males.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Em tempos politicamente corretos...

..."Liberdade de expressão" é só uma expressão.